quarta-feira, 1 de abril de 2015

Se eu me converter, toda a minha família será salva?

Imagem: Revista Critério
       Muitas pessoas têm dúvidas sobre uma passagem bíblica que se encontra no Livro de Atos: "Responderam eles: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa." (Atos 16:31) e se indagam se existe a possibilidade de um membro da família ser "salvo por tabela" pelos méritos de outro membro da família, salvo em cristo Jesus. Uma análise superficial do versículo poderia sim dar essa impressão, mas não podemos nos esquecer que a Bíblia como um Livro inerrante não se contradiz e dever ser entendida num plano geral e não em versículos isolados. Vamos analisar o texto á luz de outras passagens Bíblicas e de seu próprio contexto:

1 - A Palavra de Deus é muito clara quando diz que a Salvação é individual. (cf. Rm. 14.12; Ap. 22.12; 2Co. 5.10;)

2 - O texto pose ser visto como uma promessa e não como uma garantia. Os demais membros da família só serão salvos mediante a sua experiência particular de uma fé salvadora em Cristo Jesus.

3 - A condição para a Salvação da família, incluía que todos ouvissem e cressem no Senhor Jesus, sem exceção. Se algum membro deixasse de ouvir o Evangelho ou não cresse, de forma alguma seria salvo; 

4 - Quando continuamos a ler o texto, percebemos que toda a família do carcereiro deu uma resposta favorável à pregação do Evangelho: "Então lhe pregaram a palavra de Deus, e a todos os que estavam em sua casaTomando-os ele consigo naquela mesma hora da noite, lavou-lhes as feridas; e logo foi batizado, ele e todos os seusEntão os fez subir para sua casa, pôs-lhes a mesa e alegrou-se muito com toda a sua casa, por ter crido em Deus. (Atos 16:32-34), pela exegese do texto, temos a certeza que todos ouviram e aceitaram a mensagem de Salvação e, consequentemente "sua casa" foi toda salva.

5- Em Atos 11.13-14 ocorre praticamente a mesma situação:  "E ele nos contou como vira o anjo em pé em sua casa e que lhe dissera: Envia a Jope e manda chamar Simão, por sobrenome Pedro, o qual te dirá palavras mediante as quais serás salvo tu e toda a sua casa". O princípio exegético aqui é o mesmo: aceitação do Evangelho por toda a família como pré requisito para a Salvação de todos.

        Conclusão: Devemos entender então, que os membros da família do carcereiro foram salvos mediante a fé verdadeira que professaram após ouvirem crerem na Mensagem dos apóstolos. O carcereiro serviu como um "missionário" para os seus, pois pela sua fé, proporcionou que toda a sua família ouvisse o Evangelho e fossem salvas.

        Se você tem algum membro da sua família, esposo, esposa ou filhos que ainda não entregaram a sua vida á Jesus, não se sinta frustrado pelo fato de que a Salvação dependa da resposta individual de cada um ao chamado de Deus. Jamais desista. Use desse fato para ser um referencial de fé para eles, através de suas atitudes, devoção, conversão verdadeira, pois sendo assim, através do seu testemunho e da obra que o Senhor tem feito em sua vida, eles possam abrir seu coração para que o Espírito Santo ente a faça morada. Como pais, devemos ensinar nossos filhos no caminho da Salvação e instruí-los a viver uma fé viva e verdadeira no Senhor Jesus.

Paz do Senhor Jesus á todos.

Prof. Saulo Nogueira